logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
ultima_ceia_da_vinci
21 dez

“Última Ceia”, de Da Vinci, é uma das atrações de Milão

Imagine por um momento um artista que reúne talento, inovação, ciência, tecnologia e outras características admiráveis. Esse gênio das artes existiu, e sua obra é um legado que inspira até mesmo as mais recentes gerações. Estamos falando de Leonardo Da Vinci (1452-1519).

Além das famosas pinturas, outros projetos de Da Vinci são considerados atemporais e precedem grandes invenções dos séculos mais recentes, como o avião. Apaixonado pelo conhecimento, segundo seus maiores biógrafos, sua mentalidade experimental e seu processo criativo surpreendem ainda hoje estudiosos de diversas áreas.

Fora seus desenhos e anotações impressionantes, estima-se que Leonardo tenha pintado no máximo 20 obras (12 de sua autoria confirmadas até hoje). Quem nunca ouviu falar da Mona Lisa (La Gioconda), hoje exposta num dos maiores museus do mundo, o Louvre?

Mas há uma outra obra de Da Vinci que desperta o interesse e curiosidade dos amantes das artes – principalmente depois que o autor Dan Brown a utilizou como inspiração para criar uma das maiores teorias conspiratórias já vistas: A Última Ceia (1495 – 1498), originalmente conhecida como Cenacolo Vinciano.

cenacolo_vinciano

Última Ceia (Cenacolo Vinciano) em Milão. Foto: Flickr

A trama do livro O Código Da Vinci (2003), ainda que fictícia, dividiu opiniões e incomodou desde historiadores a grupos religiosos. Apesar da polêmica, trouxe às vistas do público detalhes da pintura, encomendada à Leonardo pelo então duque de Milão, Ludovico Sforza, também conhecido como Ludovico il Moro.

Visite a Itália em Maio de 2018. Clique aqui e conheça nosso pacote.

Obra de arte de Leonardo da Vinci está aberta à visitação

Representando a última refeição de Jesus com seus apóstolos – ocasião em que Ele anuncia que será traído por um deles, segundo a Bíblia -, A Última Ceia ou Cenacolo Vinciano encontra-se em uma das paredes do refeitório de um antigo convento dominicano, localizado ao lado da igreja Santa Maria delle Grazie, em Milão, na Itália.

Santa_Maria_delle_Grazie_milao

Igreja Santa Maria delle Grazie, Milão. Foto: Wikipedia

Leonardo utilizou a pintura à seco ao invés do tradicional afresco para criar a obra pedida por Ludovico, que pretendia transformar o lugar em um mausoléu para a família. Contudo, a nova e delicada técnica fez com que, antes mesmo da conclusão do projeto, houvesse sinais de deterioração. Diversas tentativas de restauração foram feitas desde o século 18, tendo a última delas durado 20 anos (1979-1999).

Não apenas a técnica e a perspectiva usadas, mas também a retratação da cena ilustram a genialidade do artista. Isso porque Leonardo, grande estudioso da anatomia humana, conseguiu representar as expressões faciais e reações dos apóstolos ao anúncio de Jesus, diferentemente de outras obras dedicadas ao tema, que demonstravam o momento posterior de Judas traidor e os discípulos estáticos.

Além de sobreviver às intempéries, devido à sua exposição à umidade, a pintura de Da Vinci teve de resistir ao domínio de Napoleão em Milão, no século 19, e aos bombardeios sofridos pelo convento durante a Segunda Guerra Mundial. A fim de preservar o resultado da restauração, as visitas ao local foram reduzidas a um número menor de pessoas. O sítio é considerado Patrimônio da Unesco desde 1980.

*Fontes:

Istoé

O Guia de Milão

Milão nas Mãos

Viaje Conosco

Nenhum tour corresponde aos seus critérios

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: