logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
 

Chafariz de São José de Botas

Tiradentes - MG
18 abr

Chafariz de São José de Botas

Um dos primeiros pontos de abastecimento de água potável da antiga Vila de São José del-Rei foi o Poço da Matriz, até que a Câmara mandasse construir o chafariz público, ainda na primeira metade do século XVIII.

O Chafariz de São José é um dos mais belos e imponentes do Brasil colonial. É um dos raros chafarizes que possui quatro fachadas e seu principal elemento construtivo rochoso é o quartzito. Em Minas, ao longo dos séculos XVIII e XIX poucas eram as edificações que possuíam abastecimento de água potável, conduzidas em alcatruzes, geralmente feitos com xisto ou pedra sabão.

Algumas residências foram abastecidas por nascentes, localizadas em suas proximidades, conforme ainda podemos apreciar na casa que pertenceu ao franco-português Marçal Casado Rotier, cuja bica é em xisto. O abastecimento canalizado não ocorreu em São José, então, a água para o consumo doméstico era coletada no Poço da Matriz ou no chafariz. A água do chafariz nasce no Bosque da Mãe D’Água, é coletada em dois tanques e conduzida por um aqueduto rústico, também em quartzito.

O Chafariz de São José tem um pátio fechado por mureta com banco em sua fachada principal, com abertura frontal ladeada por dois elegantes pináculos e parapeito para impedir a entrada de animais. O chafariz propriamente dito ficou um pouco mais elevado, tendo o seu acesso por quatro degraus e está centralizado.

A fachada nos lembra o frontispício de uma capela. Na base está o grande tanque, com movimento abaulado, bem ao gosto do estilo Barroco; sendo composta por duas colunas ladeadas por volutas em forma de “S” e encerradas por cimalha. No pano, em área delimitada, encontram-se três carrancas antropomorfas e sobre a central foi inscrita a data 1749. Tradicionalmente, a área das carrancas é pintada de azul cobalto.

Acima, está o oratório encaixado na cimalha, formando uma arquivolta. Ele está ladeado por volutas em contra-formas, de onde pendem cachos de flores reconstruídas. O oratório abriga a imagem de São José de Botas, em terracota, provavelmente de origem portuguesa. Acima da cimalha estão dois arranques em volutas e sobre eles dois pináculos, com a solução semelhante aos da entrada. Ao centro está o brasão das armas de Portugal, coberto com a coroa real. A composição é fechada por uma cimalha e sobre ela o acrotério com a cruz.

Nas laterais do pano do chafariz, das volutas pendem cachos de flores reconstruídas. Do lado direito está o tanque para as lavadeiras. Há um pátio calçado por blocos de quartzito aparelhados, com pequena mureta e duas bicas, uma para abastecimento de água e a outra é o ladrão do tanque oposto, da lateral esquerda, destinado a matar a sede dos animais, especialmente das tropas que chegavam ou partiam da localidade.

A fachada posterior é amparada por dois muros, sendo uma perpendicular e que direciona a água em um conduto, fechado por blocos bem aparelhados de quartzito. Os dois muros têm arremates em material rochoso. Na parede posterior do chafariz há uma abertura para controlar a queda d’água nas três bicas. O chafariz está inserido no amplo Largo do Chafariz, parte mais baixa da localidade. Ao longo de muitos anos existiram apenas três casas no largo, a Chácara do Chafariz, que tinha seu pequeno chafariz próprio, e mais duas casas ao fundo. A da esquerda ruiu completamente e a da direita, foi descaracterizada. O largo constituía-se de área verde, parte gramada, onde as lavadeiras deixavam as roupas quarando. O chafariz é a única edificação tombada inserida na APA-Área de Proteção Ambiental da Serra de São José (Decreto Nº 30.934, de 16/2/1990).

DA CRUZ, Luiz Antônio – Chafariz de São José da cidade de Tiradentes e sua Intervenção de Restauro. 2016.

Viaje Conosco

Nenhum tour corresponde aos seus critérios

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: