logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
 

Arte de Rua em São Paulo

12 ago

Arte de Rua em São Paulo

onde apreciar arte ao ar livre na maior cidade do país

A arte de Rua em São Paulo é um dos pontos que destacam a cidade. A famosa selva de pedras, ao longo dos tempos, transformou-se em um dos pontos do país que respiram arte fazendo deste símbolo uma de suas características mais marcantes. 

Quem já esteve em cidades como Londres, Nova York e Paris sabe que, nesses lugares, os famosos grafites já ultrapassaram as questões polêmicas e estão por toda a parte. Em São Paulo, apesar de alguns períodos de conflito, a arte de rua também venceu. 

Nesse sentido, mapeamos a rota cultural sobre arte urbana na maior cidade brasileira para que você possa ver tudo isso bem de perto. Confira, a seguir!

A arte de rua e o caos no Centro

Visitar São Paulo é sempre uma surpresa. A famosa cidade que não dorme, consegue impressionar os visitantes em cada detalhe. E em se tratando do Centro, o caos é ainda mais intenso. Um mar de carros e edifícios podem te fazer se sentir sufocado, mas não se preocupe, há como respirar se você olhar os prédios. 

As famosas pinturas nas laterais dos edifícios dão cor e vida ao cenário cinza e barulhento. Por isso, não se esqueça: o segredo é sempre olhar para cima.

Eis um exemplo do que você vai ver na região central de São Paulo:

Diversidade: mural de 46 metros em prédio próximo ao Minhocão. (foto Danilo Verpa).

A arte de rua “chique” em Pinheiros

Nem só de lojas caras e festas badaladas vive Pinheiros. Conhecido por ser um dos pontos mais agitados da cidade, este bairro também abriga muros que contam muitas histórias. 

Na rua Sumidouro, por exemplo, há uma homenagem a diversos artistas que morreram aos 27 anos — grafitado pelo aclamado artista Eduardo Kobra. 

Club 27, de Eduardo Kobra.

E para quem curte literatura nacional e MPB, Chico Buarque e Ariano Suassuna encontram-se nas paredes da rua Pedroso de Moraes. A obra também é de Eduardo Kobra.

Chico Buarque e Ariano Suassuna: mural de 11 metros de altura por 17 de largura. (foto: Catraca Livre)

Arte de rua e resistência no MAAU

Em função de conflitos entre as lideranças políticas e os artistas de rua, infelizmente a cidade de São Paulo enfrenta muitos dilemas por conta da expressão artística nas ruas. 

Após a prisão de alguns artistas que pintavam colunas da estação de metrô na Av. Cruzeiro do Sul, Zona Norte, inaugurou-se o Museu Aberto de Arte Urbana como forma de resistência política e cultural. As colunas estão bem próximas ao Parque da Juventude e à saída de metrô Carandiru (linha 1). 

Museu Aberto de Arte Urbana (fotos: Stefanie Malotti ).

Arte de rua com endereço marcado:  Vila Madalena, Cambuci e Bixiga

Vila Madalena

Deixamos o ouro para o final. A conhecidíssima Vila Madalena abriga inúmeras galerias urbanas em seus muros. A geração Instagram adora lugares como os becos pelas ruas Gonçalo Afonso e Medeiros Albuquerque (Beco do Batman, Beco do Aprendiz e Beco do Lira). 

Beco do Batman (foto: Rogério Albuquerque)

A fachada da galeria Choque Cultural também é um dos lugares favoritos dos apreciadores da boa arte de rua em São Paulo.

Intervenção de colagens, da artista plástica Ana Cerqueira na fachada da Galeria Choque Cultural. (foto Ana Cerqueira).

Cambuci

Obras primas da cidade ficam guardadas nos muros da rua Lavapés (foto). Artistas de renome que iniciaram nesta região tiveram seus primeiros trabalhos registrados por ali. Vale muito a pena dar uma volta no Cambuci.

Foto: Eduardo Knapp.

Bixiga

Com destaque para a Avenida 23 de Maio (foto), caminhar pelas ruas do Bixiga vai te fazer ter vontade de admirar o tempo inteiro a imensidão de grafittis que invadem paredes de prédios lojas e muros pelas ruas afora.

Av. 23 de Maio: 15 mil metros de grafite pintado por mais de 200 artistas. (foto: Catraca Livre).

Arte em nomes – principais artistas

Seria injusto dizer que os muros paulistanos são pintados apenas por artistas de renome. 

Infelizmente, há muitos deles que não conhecemos (e eles nem fazem questão do protagonismo), mas como forma de destacar este trabalho genuíno que repercurte mundo afora, nossos aplausos vão para: Os Gêmeos, Ethos, L7M, Eduardo Kobra, Onesto, Nina Pandolfo, Feik, Decy Grafitti, coletivo B-47, Novem Lelê Paes, Crânio, Sinhá e para todos os outros que não sabemos os nomes mas que através da arte e dos sprays, conseguem nos levar para fora da cidade cinza.

Confira, no vídeo a seguir, um pouco da biografia e do portfólio de Eduardo Kobra:

Que tal, você gostou de conhecer um pouco da vasta arte de rua em São Paulo? Deixe seu comentário!

 

Viaje Conosco

Nenhum tour corresponde aos seus critérios

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: