logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
 

Estação Ferroviária da Quinta da Boa Vista

A Estação do Imperador
6 mar

Estação Ferroviária da Quinta da Boa Vista

A inauguração da Estação da Quinta da Boa Vista ocorreu em 16/07/1859, mas a proposta de construção já era mencionada nos primeiros relatórios da Diretoria aos Acionistas da Estrada de Ferro D. Pedro II em 31/12/1855.

Este relatório já se referia à construção da estação na passagem de nível da linha pela Quinta Imperial. Com o dever de “uma decente estação em que se possa Sua Majestade o Imperador, quando lhe aprouver embarcar na estrada de ferro, seja para a cidade seja em direção ao interior”.

Mesmo antes da inauguração foi requerida autorização ao Imperador para que a população local pudesse usufruir do edifício para chegar à cidade ou ao interior.

Em 1897, com a abertura da terceira linha até Madureira, o serviço da estação foi transferido para o lado oposto da Quinta, sendo o acesso feito pela Rua Joana (atual General Canabarro). Em 1925, com a construção das vias de acesso à Linha Auxiliar, o prédio foi demolido e reconstruído no local onde se encontra atualmente, entre a Estação do Metro de São Cristóvão e a Av. Radial Oeste.

O edifício de forma retangular, possui corpo central em forma octogonal irregular que se destaca das alas laterais, por possuir pé-direito mais alto que os outros.

O prédio, de modesta arquitetura, possui em sua entrada principal um pórtico de ferro fundido trabalhado, ocorrendo o mesmo no lado oposto do edifício. É composto de janelas e portas em madeira almofadada, com bandeira em ferro fundido trabalhado.

Após 1925, com a implantação das novas linhas, o acesso às plataformas foi feito através de passarela e rampas de acesso, isolando definitivamente o antigo prédio.

Em outubro de 2000, foi realizado o Concurso da Estação Integrada de São Cristóvão, organizado pelo IAB/RJ, para o Consorcio Supervia, com objetivo de integrar as 8 linhas ferroviárias que atende aos 6 ramais operados pela companhia, além de se integrar com a Linha 2 do Metro e a construção de um terminal rodoviário.

O projeto vencedor foi dos arquitetos Mario Biselli e José Paulo de Bem, que conseguiu integrar a nova estação com a estação da Linha 2 do Metro e o terminal rodoviário.

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: