logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
 

São Lourenço dos Índios

Niterói - RJ
4 maio

São Lourenço dos Índios

por Alex Brando

História

A origem de Niterói remonta a 22 de novembro de 1573, data em que Martim Afonso de Souza – nome cristão de Arariboia – tomava posse de sua sesmaria, formando, juntamente com os jesuítas, o aldeamento de São Lourenço dos Índios.

Estátua em homenagem a Arariboia, na cidade de Niterói.

Estrategicamente implantando em um outeiro, este aldeamento motivou a construção de uma pequena capela em taipa descrita em 1570 pelo capelão português Gonçalo de Oliveira. A edificação primitiva deu lugar a outra, onde, em 1586, foi encenada a representação teatral de autoria do Padre Anchieta, Auto de São Lourenço. Esta capela era ainda uma ermida tosca e pequena, que os jesuítas substituíram, por volta de 1627, por uma construção em pedra e cal. Em 1769, a capela foi reconstruída, mantendo sua fisionomia jesuítica, conforme data imprensa na fachada conservada até hoje.

Após a expulsão dos jesuítas pelo Marques de Pombal, em meados do Séc. XVIII, a igreja passou a pertencer à Mitra de Niterói. Em 1915, o então prefeito Manuel Otávio de Souza Carneiro Solicitou sua incorporação ao patrimônio municipal, por suas características históricas, num ato pioneiro, considerando-se a inexistência, àquela época, de legislação federal de preservação do patrimônio cultural. Desde 1934 adquirido pela municipalidade de Niterói, o monumento veio a ser tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1938 e pelo município de Niterói em 1992.

Características Arquitetônicas

O templo foi construído pelos jesuítas, de pedra e cal, antes de 1627. Em 1729, a capela foi reconstruída com a arquitetura que mantém hoje, conservando os traços do estilo jesuíta. A torre do sino é de 1769.

O retábulo-mor da igreja, datado do fim do século XVII/ início do século XVIII, é entalhado em madeira, de composição maneirista, e recebeu pintura folheada a ouro na restauração da igreja do início do ano 2000. Na restauração, foi adicionada também uma representação da via sacra em pedra e novos bancos de madeira.

Altar Mor de São Lourenço dos Índios.

O altar, quase todo em pau-brasil, é original da construção. A imagem de São Lourenço data do século XVII. Na sacristia da igreja podem ser vistas a pia batismal em pedra de lioz, de influência moura, objetos coletados na época da restauração da igreja e gravuras de Carlos Oswald, representando a via sacra.

Pia Batismal, da Igreja de São Lourenço dos Índios.

Localizada no Morro de São Lourenço, o templo religioso só é aberto para missas locais ou com visitas agendadas.

Que tal, você gostou das informações que trouxemos sobre a Igreja de São Lourenço dos Índios? Deixe seu comentário! 

 

Viaje Conosco

Nenhum tour corresponde aos seus critérios

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: