logo
Agência carioca especializada em turismo cultural para melhor idade. Promovemos diversão, conhecimento e integração em nossos passeios. Nossas viagens são mais do que um simples caminhar. Cuidamos de tudo para que, do começo ao fim, você só se preocupe em desfrutar desses momentos.
Ultimas Postagens
(21) 98208-8506
contato@alextourviagens.com.br

NOS SIGA NAS REDES:

(21) 98208-8506
Topo
 

Serra do Piloto

APA de Mangaratiba
16 maio

Serra do Piloto

5º Distrito – Histórica e Imponente

Localiza-se na Costa Verde, a Serra do Piloto, pertence atualmente a APA de Mangaratiba.

No município de Mangaratiba, a Serra do Piloto está localizada no 5º Distrito e é conhecido por sua importância histórica e ambiental para a região.

O local obteve destaque em meados do século XIX, quando era ponto de passagem de escravos e café que iam rumo ao município por meio da Estrada São João Marcos (RJ-149), antiga Estrada Imperial, a primeira via de rodagem do Brasil, datada de 1856.

Ao longo de 40 km de extensão, a estrada oferece uma bela vista para a Baía de Mangaratiba, o que atrai bastante turistas em busca de trilhas ou esportes de aventura por quedas d´água como as cachoeiras dos Escravos e Conceição de Jacareí. Contudo, a Serra do Piloto também chama a atenção pelos prédios antigos de linhas arquitetônicas simples, típicas do período colonial, pontos e algumas ruínas.

As vistas de tirar o fôlego e cachoeiras maravilhosas.

Cachoeira dos Escravos, localizado na Estrada Imperial – Serra do Piloto.

Não deixe de visitar!

  • Cachoeira dos Escravos
  • Cachoeira da Benguela
  • Cachoeira do Rubião
  • Mirante
  • Bebedouro Imperial
  • São João Marcos

Estrada Imperial

A Estrada Imperial servia para o escoamento do café e de escravos oriundos da África, destinados a fazendas de café do Vale do Paraíba. Primeira estrada de rodagem do Brasil, aberta em 1857, ligava Mangaratiba a São João Marcos. Atualmente, 90% asfaltada, ainda preserva seu calçamento original em pedra pé de moleque em locais históricos, como o Mirante Imperial, o Bebedouro da Barreira, a Cachoeira dos Escravos, a Ponte Bela e o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos.

Localizado na Estrada Imperial, o Bebedouro Imperial, atendia os tropeiros, fornecendo água das nascentes da Serra do Piloto.

Com tecnologia de ponta, da época, possuía marcos de milhas ou léguas, um perfeito sistema de escoamento de águas pluviais, pontes e galerias com pedras de cantaria, pontes em arco e muros de arrimo com acabamento de capeamento de pedra trabalhada por toda a extensão da estrada. Projetada pelo engenheiro inglês Eduard Webb, essa estrada estava entre as melhores do mundo.

Segundo Mirian Bondim, historiadora da Fundação Mario Peixoto, “o homem mais rico do Brasil no século XIX foi o comendador Joaquim José de Souza Breves, ‘O Rei do Café’ e o maior escravocrata nacional. Ele construiu o Porto do Saco e, pela estrada, escoava toda a sua produção de café e traficava seus escravos”. Existem ruínas na Praia do Saco, em Mangaratiba, referentes a armazéns e a um teatro que recebeu muitos artistas famosos. No local também eram realizados leilões de escravos. O porto da Praia do Saco era considerado um dos mais movimentados do país nesse período.

São João Marcos

São João Marcos foi um antigo município do estado brasileiro do Rio de Janeiro despovoado e de passagem, foi fundada em 1739 por João Machado Pereira, que em suas terras criou uma capela dedicada a São João Marcos.

Ruínas da Casa do Capitão Mor, da antiga cidade de São João Marco.

Viaje Conosco

Rodoviário
A história de São João Marcos se inicia em 1739 com a construção de uma capela dedicada ao santo pelo fazendeiro João Machado Pereira. Em volta do singelo templo cresceu um povoado privilegiado pelas condições naturais para o cultivo do café, fruto que nos 200 anos seguintes projetaria a cidade como uma das mais ricas do Brasil Colônia e Imperial. São João Marcos cresceu e se desenvolveu por meio de mãos negras na produção do ‘ouro verde’. O Ciclo do Café atingiu o auge da prosperidade em torno de 1850…
01 dia

Comments

comments

Deixe uma resposta:

You don't have permission to register
%d blogueiros gostam disto: